"Fiz Sabão Com Minhas Amigas" - Baseado Em Fatos Reais

Tempo de leitura:

Leonarda Cianciulli


As amigas de Leonarda Cianciulli adoravam se aconselhar sobre tudo com ela, mas sabiam que ela usava suas vitimas para fazer sabão e bolos!

Hoje vim falar com você sobre Leonarda Cianciulli a história de uma italiana que matava as amigas para fazer sabão e outras coisinhas mais..... Continue lendo se tu gostas de histórias assim.

Ficha Criminal de Leonarda Cianciulli

Nome: Leonarda Cianciulli (1870-1994)

Local que os crimes aconteceram: Região de Correggio, na Itália.

Total de Mortes: 3

1- Bora lá começar essa historia bem louca, Leonarda fruto de um suposto estupro e uma gravidez indesejada, ela tentou se matar por duas vezes durante a adolescência. E seus pais tentaram se livrar dela arrumando-lhe um casamento com um proeminente comerciante assim que ela fizesse 15 anos, na época. Ela então não aceitou e resistiu até completar os 23 anos.

2- No ano de 1917, Leonarda já não aguentava mais seus pais e para poder sair de casa, se casou com Rafaelle Passardi, Rafaelle era atendente de registros civis. Revoltada com a saída da filha de casa a mãe de Leonarda lhe rogou uma praga. Logo começaram acontecer várias desgraças na vida da moça. No ano de 1927, Rafaelle foi preso por fraudar documentos e, no ano de 1930, a casa onde moravam foi destruída por um terremoto. Será que tudo isso foi por a mãe ter rogado praga? Leonarda, que já era muito supersticiosa, ficou mais doida ainda.

3- Leonarda então foi em busca da ajuda de um vidente, que há fez uma previsão péssima: ela iria perder todos os seus filhos antes dela morrer. Ela então começou a se preparar para esse futuro sombrio que lhe aguardava e agora foi em busca de uma cigana. Onde ela leu a mão de Leonarda onde as previsões só pioraram: Na mão esquerda um manicômio criminal e na mão direita a sua prisão.

4- Bom aí começou tudo foram 17 gravidez. Ela sofreu três abortos espontâneos e dez filhos de Leonarda morreram antes mesmo de atingir a adolescência, vitimas de doenças. Sobraram só quatro, com os quais se transformou em uma mãe superprotetora. E o filho mais velho que era o seu favorito, Giuseppe, foi convocado pelo exercito no ano de 1939- a 2ª Guerra Mundial estava preste a acontecer.

5- E ela estava disposta a tudo para salva-lo, e Leonarda chegou à conclusão que seu filho seria salvo, mas outras pessoas teriam que ser sacrificadas, 'no lugar dele'. E para isso começou usar sua fama de vidente com dons de espíritos: a suas vitimas que também acreditavam nessas coisas começaram a se consultar com ela.


Vítimas de Leonarda  Cianciulli
Vitimas-de-Leonarda-Cianciulli


6- A primeira vítima foi Faustina Setti de 73 anos. “Leonarda disse que para conseguir o marido que Faustina tanto sonhava, ela deveria ir para Pula” na atual Croácia" e enviar uma mensagem aos seus parentes como se já estivesse se mudado para lá, casada e muito feliz. Era um álibi perfeito: Faustina acreditando na amiga, cumpriu a sua ordem, A assassina deu-lhe para beber um copo de vinho com tranquilizante e depois de Faustina apagar totalmente Leonarda cortou a amiga em vários pedaços com um machado.

7- O sangue da vitima foi seco ao sol, ralado e colocado na mistura de bolos, que foram servidos para outras mulheres que ali vinham se consultar. ' até o filho mais velho Giuseppe gostava dos bolos da mãe!'. O corpo foi cortado em nove partes, dissolvido com soda caustica e despejado em uma fossa séptica. Para fim ela ainda deu um jeito de ficar com o dinheiro e bens materiais da vitima.

8- Leonarda voltou há matar dez meses depois a vítima era Francesca Clementina Soavi de 55 anos, que morreu no dia 05/09/1940. Foi enganada por uma proposta de emprego em uma faculdade de Piacenza, a assassina aconselhou Francesca a ir logo para á cidade se não outra pessoa pegaria esse trabalho, Leonarda venderia a casa, móveis e joias da vítima e o dinheiro enviado para ela, pediu segredo para que nada desse errado para Francesca.

Mais uma carta falsa escrita para os parentes, nesse caso como Francesca era maior que a primeira vítima a serial Killer cortou o corpo em pedaço e como não caberia tudo na panela a cabeça foi cortada e colocada em um saco, o sangue colocado na bacia, desidratada e feito em bolos.


9-  Dois meses após o segundo crime no dia 30/11/1940 Leonarda achou sua terceira vitima. “A Sra. Virginia Cacioppo de 53 anos e ex-cantora de opera ela que construiu uma carreira de sucesso atuando em óperas de Verdi, Puccini e Mozart” cantou na Itália, Egito e Líbano.

 Essa foi enganada com a promessa de trabalhar em um teatro em Florença e que ela teria que ir a segredo, pois o diretor do teatro queria segredo.  Dessa vez com mais experiência a assassina usou o corpo da vitima para fazer sabonetes, distribuiu para os vizinhos.




Leonarda foi condenada a 3 anos em um hospital psiquiátrico e 30 anos de regime fechado.

Observação: Leonarda Cianciulli nunca cumpriu a sua pena em regime fechado, permaneceu até a sua morte, que foi no dia 15/10/1970 no hospital psiquiátrico de Aversa.

Essa foto foi feita um mês depois da prisão de Leonarda.
Leonarda-Cianciulli

Materiais  Usados por Leonarda Cianciulli para matar as pessoas

Abaixo fotos dos materiais usados pela assassina que estão em exposto no Museu de Criminologia de Roma.

Trata-se de um martelo, um cutelo, uma faca, dois machados e um tripé para colocar a panela e derreter os corpos.


Leonarda Cianciulli

Leonarda Cianciulli

Leonarda Cianciulli
* Fonte da Pesquisa Wikipedia + aprendiz verde

Wikipedia

0 comentários:

Postar um comentário

Olá seja bem vindo ao Blog obrigado por sua visita deixe o seu comentário e se tiveres alguma dúvida entre em contato com a gente beijos

Subir