Mostrando postagens com marcador Saúde. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Saúde. Mostrar todas as postagens

15 Alimentos que ajudam a emagrecer

               Os 15 Alimentos que ajudam a emagrecer

alimentos-que-ajudam-no-emagrecimento
Olá tudo bem contigo? Espero que sim! Bah se tu chegaste até aqui é porque também está na luta contra a balança né? Alguns pela estética de não estar se sentindo bem com seu corpo ou até mesmo por conta da saúde! Pois sabemos que o ganho de peso acarreta em vários problemas de saúde...

Então hoje vim trazer para você os 15 alimentos que ajudam a emagrecer, fiz uma lista deles para você que está começando em uma reeducação alimentar ou uma dieta...

Leia Também
==> 14 dias na dieta funciona mesmo? Veja tudo comprovado

==> Bolo de cenoura com cobertura de chocolate fitness


==> Dieta da pipoca: conheça essa dieta que é sucesso entre as atrizes!

1-              Arroz Integral ajuda emagrecer
arroz-integral-na-sua-dieta
O arroz integral além de ser rico em fibras te dá mais saciedade que o arroz branco, fazendo assim você ingerir menos alimentos.

Além de ter muitas vitaminas com complexo B, zinco e o selênio, vários nutrientes antioxidantes que melhoram a sua circulação sanguínea, a memória e a concentração.

Depressão: 7 Formas de como vencer a depressão

Depressão: 7 Formas de como  vencer a depressão 
formas-de-como-vencer-a-depressao

Olá tudo bem com você? Espero que sim! Bom hoje quero falar contigo que está passando per essa terrível doença que é Depressão. Sei bem como é complicado a depressão, pois já passei por isso hoje Graças a Deus estou bem... Mas tem muitas pessoas que não conseguem sair a tempo dessa doença e chegam ao seu limite cometem o suicídio!

 Leia Também

Aftas: 5 dicas para curar as aftas rápido

como-curar-aftas-mais-rapido


Oi tudo bem com você? bom se você já teve aftas sabe como é ruim. Pois eu volta e meia estou com a boca cheia de aftas #GENTECOMODÓI kkkkkk não estou conseguindo engolir nada. Eu não sei de onde veio tudo isso gente eu desconfio que domingo tinha jogo e eu comi pipoca, mas não sei dizer se foi isso que causou as aftas.  

As aftas são pequenas lesões muito dolorosas que geralmente surgem na língua, que podem ter diversas causas, mas que geralmente estão relacionadas ao consumo de alimentos muito ácidos e por isso evitar o consumo deste tipo de alimento é importante para curar a afta mais rapidamente. 
Confira 5 dicas úteis que podem ajudar a curar as aftas mais rapidamente 

1. Chá preto cura aftas 

Aplicar um saquinho de chá preto sobre a afta, pois o chá preto possui tanino, uma substância adstringente que é capaz de aliviar a dor e o desconforto causado pela afta. Para aplicar o chá preto corretamente deve-se preparar o chá colocando 1 saquinho de chá preto numa xícara de água fervente e deixar repousar. Quando estiver morno, aplicar diretamente sobre a afta. 

2. Água morna e sal cura aftas 

Fazer bochechos com água morna com sal pode ajudar a desinfetar a afta e acelerar a sua cicatrização. Para tal basta colocar 1 colher de café de sal num copo com água morna e fazer bochechos durante alguns minutos, 2 vezes ao dia. 

3. Cravo-da-índia cura aftas  

Mascar um cravinho-da-índia também ajuda a curar a afta mais rápido porque o cravinho possui propriedades antissépticas e analgésicas, que são capazes de aliviar a afta. 

4. Leite de magnésia cura aftas 

Gargarejar leite de magnésia para recobrir e proteger a lesão de bactérias também ajuda a acelerar a cicatrização. Deve-se misturar 1 colher de leite de magnésia com 1 copo de água de fazer gargarejos a seguir. 

5. Iogurte cura aftas  

Comer 1 potinho de iogurte com bífidos ou com probióticos ajuda a melhorar o intestino, fortalecendo as defesas naturais do organismo, sendo também útil para curar as aftas mais rapidamente. 

Quando surgem várias aftas na boca da criança, é aconselhado uma consulta médica, principalmente se houver outros sintomas como febre porque pode ser uma doença chamada síndrome mão-pé-boca, que é mais comum nas crianças de até 5 anos de idade. 
Fonte: Tua saúde 

Dores no corpo: As dores que você nunca deveria ignorar

dores-no-corpo

Dores no corpo como identificar

Oi tudo bem com você? Bora lá falar de dores no corpo?  falar um pouquinho de saúde hoje, pois não é toda e qualquer dor que precisa sair correndo para ser investigada. 

No entanto, tem alguns tipos específicos podem denunciar um  problema sério de saúde e, por isso, é preciso aprender a identificá-lo. E quando perceber algum dos sintomas a seguir, é importante não tomar medicações por conta própria e procurar um médico o mais rápido possível.


dores-no-corpo

Aquelas dores agudas,  sabe aquelas entre os ombros, no início das costas. Bom ela pode ser: um infarto. Pois cerca de 35%  das pessoas que sofrem um infarto não sentem aquela clássica pressão no peito. 

E essas dores entre os ombros é um dos sintomas comum em mulheres, como dor na mandíbula, dificuldades para respirar e náuseas também. Então se tu tiveres esses sintomas (é bem provável que tu tenha mais que um), procure um atendimento o mais rápido possível.
dores-no-corpo

Bom e o que dizer daquelas dores de cabeça!!! Aquela dores fulminante que da a impressão de que sua cabeça vai explodir. Isso pode ser: um aneurisma. Se tu sentires dores de cabeça repentina e bem forte, peça que alguém te leve para o hospital ou posto de saúde, pois isso pode ser um sinal de que houve uma dilatação anormal de um vaso do seu cérebro. 

E a diferença desses sintomas para uma simples dor de cabeça é que, a dor de cabeça ou enxaqueca, você pode sentir náuseas, sensibilidade á luz e ao barulho e a dor vai progredindo aos poucos. Nunca tome aspirina se estiver com dor, porque ela pode favorecer uma hemorragia.


dores-no-corpo

E quando tu levantas e sente aquela fisgada na parte inferior do estômago do lado direito. Isso pode ser: A apendicite. Essas dores geralmente começa bem no centro do abdômen e se direciona gradualmente para o lado direito, e se o apendicite se romper, você corre um grande risco de ter uma infecção pelo corpo todo. procure um médico se sentir este tipo de dor.
dores-no-corpo

Nossa!!! E aquela dor de dente que da as vezes no meio da noite, a dor é tanta que tu achas que não vai aguentar de dor!!! Isso pode ser: o bruxismo. já ouviu  falar?. O bruxismo e quando a pessoa fica rangendo os dentes com muita frequência, isso pode causar uma inflamação no nervo e o desgaste do esmalte dos dentes. 

Sem contar que tu podes ir lascando os dentes até a raiz, levando assim a extração. se perceberes que isso esta acontecendo com você ou alguém de sua família procurem um dentista o mais rápido possível.
dores-no-corpo

A dor no meio das costa que vem acompanhada com a febre. Isso pode ser: Infecção nos rins. Não fique achando que a febre, náuseas e a dor nas costas são apenas sinais de alguma bactéria estomacal. O quadro se desenvolve quando a bactéria que infiltra o trato urinário se espalha pelos rins, e tornando assim uma infecção muito mais severa.

 Observe sintomas típicos, como aquela dor na hora de fazer xixi, mas tem gente que só notam estes sinais mais tarde. Procure um médico para fazer um tratamento com antibiótico o quanto antes.
dores-no-corpo

E as cólicas menstruais que não passam nem com remédio. Isso pode ser: a endometriose. Esta condição pode comprometer a fertilidade e também é bastante comum. E o tratamento para a endometriose pode ser feito com anticoncepcional ou, em alguns casos a cirurgia.

dores-no-corpo

E quando aparece aquele caroço na panturrilha!. Isso pode ser: trombose nervosa profunda. E se uma pequena área da perna estiver dolorida, você pode ter trombose, um coágulo sanguíneo nas veias profundas. O local também pode estar avermelhado e bem quente. E se tu observar que tem um inchaço na perna e uma piora na dor, vai para o pronto socorro. Pois a trombose pode evoluir para um infarto ou até um derrame cerebral. 

Gente se gostaram deixe seu recadinho vou adorar  responder beijos da Ju!

Trombose no pescoço: Sintomas, causas e tratamento da trombose

Post Escrito por Marina Martinez

trombose-no-pescoco


Trombose é um distúrbio vascular causado pela formação de um coágulo de sangue (trombo) dentro de um vaso sanguíneo (veia ou artéria), impedindo ou interrompendo o fluxo de sangue.

Esses trombos podem obstruir a circulação no local ou, na pior hipótese, atingir os pulmões, bloqueando a oxigenação do sangue (embolia pulmonar).  Alguns fatores como hipertensão, obesidade, sedentarismo, tabagismo, imobilização prolongada, gravidez, estresse, diabetes, traumatismos, certos procedimentos cirúrgicos ou uso de pílulas anticoncepcionais podem promover processos trombóticos vasculares.

Existem dois tipos de trombose:

Trombose venosa
trombose-no-pescoco

É causada por um coágulo de sangue que se desenvolve em uma veia. Pode ser o resultado de doenças ou lesões nas veias das pernas, imobilidade por qualquer motivo, fratura, certos medicamentos, obesidade, doenças hereditárias ou predisposição hereditária. Existem várias doenças que podem ser classificados nesta categoria. Podemos destacar a trombose venosa profunda que é uma doença relativamente comum. Ela ocorre em 90% dos membros inferiores com maior frequência para a perna esquerda e os 10% restante afeta os membros superiores, pelves, cavidade abdominal, torácica, cabeça e pescoço.

Trombose arterial

É causada por um coágulo de sangue que se desenvolve em uma artéria. Quando a trombose arterial ocorre nas artérias coronárias pode causar um ataque cardíaco no indivíduo. Quando isso acontece na circulação cerebral, pode causar acidente vascular cerebral ou falta de oxigênio para outros órgãos.
Qualquer pessoa pode adquirir trombose, embora geralmente a doença se desenvolva em pessoas mais velhas. Há uma série de fatores que tornam mais prováveis o desenvolvimento deste distúrbio, incluindo histórico familiar, inatividade e obesidade. Muitas vezes a trombose desenvolve pouco ou quase nenhum sintoma no indivíduo, e é muitas vezes referida como uma doença silenciosa. As veias das pernas são mais comumente atingidas pela trombose e, sintomas como dor intensa, inchaço na perna, vermelhidão, calor no local, endurecimento da musculatura da perna e formação de nódulos dolorosos nas varizes, são freqüentes. Portanto, é importante estar ciente dos sinais e fatores de risco de trombose.
O tratamento específico de trombose será determinado pelo médico com base na idade e saúde geral do paciente, a extensão e o tipo de trombose, bem como sua tolerância para medicamentos, procedimentos ou terapias. O tratamento pode incluir medicamentos anticoagulantes como a heparina, cateteres, entre outros.
Para evitar a trombose recomenda-se:
  • Não fumar
  • Manter o peso equilibrado e dentro do IMC .
  • Após algum tipo de cirurgia é conveniente colocar o corpo em movimento .
  • Diabéticos e hipertensos devem seguir uma dieta rigorosa e não parar a medicação .
  • Praticar regularmente exercícios físicos.
  • Mulheres cuja idade seja superior a 35 anos, devem tomar cuidado com o uso de pílulas anticoncepcionais.
Referências Bibliográficas:
Subir