Maria da Paz: Tenho certeza que você é uma Maria também

Tempo de leitura:

Maria-da-paz-da-a-volta-por-cima

Maria da Paz: Tenho certeza que você é uma Maria da Paz também


Olá tudo bem com você? Espero que sim! Há se você chegou ate aqui é porque ficou curiosa sobre o assunto... Não sei se você está acompanhando a nova novela da nova “A Dona do Pedaço”, onde Juliana Paes interpreta Maria da Paz, uma mulher batalhadora e guerreira, que vai lutar para conquistar o que sonha e deseja.

Veja Também




E estive pensando! Nesse mundo as fora quantas Marias não existem... Tenho certeza que tu mulher batalhadora que está aqui lendo nesse momento vai se identificar.

1-           As que criam os filhos sozinhamae-que-cuida-do-filho-sozinha

As lutas são muitas, muitas vezes criar seus filhos sozinha e fazer papel de pai e mãe, passando por dificuldades de alimentos, dinheiro, e seguir firme e forte na luta.

2-           As que descobrem o Câncer
mulher-que-descobre-o-cancer

Tem aquelas que têm seu companheiro, que batalham juntos, sofrem pra caramba, e do nada descobre uma doença grave, e aí trava uma batalha pela VIDA! E são muitas que passam por isso.

3-       As que sofrem agressões Físicas e Verbais
mulher-sofre-agressao

Tem aquelas que sofrem agressões físicas e verbais, e muitas vezes humilhadas e várias perdem a vida, achando que em algum momento seu marido vai mudar.

4- As que dão a volta por cima
maria-da-paz-da-a-volta-por-cima

Cara a luta é grande, sim tem momentos difíceis eu sei, mas a gente aprende a ser forte na Mara, vai por mim porque eu sei do que estou falando... Eu me considero Uma Maria da Paz batalhadora pra caramba.

                         Resumindo minha História
familia-tavares-da-silva
Eu, meu marido de camisa azul e meus filhos
familia-tavares-da-silva
Eu e meu Marido

familia-tavares-da-silva
Eu e meu neto Gabriel Augusto

Chamo-me Jussara Vaz Tavares, casei muito cedo e dois anos depois meu marido perdeu a visão dos dois olhos, nisso eu já tinha meu primeiro filho e esperava o segundo.

Ele não tinha carteira assinada quando meu marido perdeu a visão, eu não tinha idade para trabalhar! Imagina meu desespero? Pois eu não via uma saída! A não ser uma guerreira que luta pela família.

No ano de 2001 eu já tinha um trabalho, e três filhos e meu marido sem enxergar nada, conseguimos as nossas coisas com muito sacrifício, no ano de 2004 nossa casinha queimou e ficamos só com a roupa do corpo!

E mais uma vez começamos de novo, reconstruímos tudo, tivemos força pelos nossos filhos! A razão de nosso viver. Aí a depressão me pegou em 2011... Mas eu fui forte e venci a depressão também.

Eu me sinto sim uma das milhares de mulheres que são guerreira e batalhadora.... Tenho certeza que tu também és... Deixe seu comentário aqui no blog quero conhecer você 💗.

0 comentários:

Postar um comentário

Olá seja bem vindo ao Blog obrigado por sua visita deixe o seu comentário e se tiveres alguma dúvida entre em contato com a gente beijos

Subir