ANUNCIE AQUI

Fibromialgia- Sintomas, Causas e Tratamentos

Artigo foi escrito por Dr. Juliano Pimentel

fibromialgia-sintomas-causas-tratamentos

Fibromialgia! Sentir dores por todo o corpo durante longos períodos, e sensibilidades nas articulações, nos músculos, tendões e em outros tecidos moles, é comum entre os brasileiros. Tais sintomas dizem respeito a síndrome Fibromialgia, que também está ligada à fadiga, distúrbios do sono, dores de cabeça, ansiedade e depressão.

Leia Também
Coluna Cervical: Dor na coluna, causas e tratamento
Câncer das amígdalas: diagnóstico e tratamento
Exercícios para emagrecer e perder barriga em casa

Chá de canela: Como emagrecer tomando canela
De acordo com a Sociedade Brasileira para Estudos da Dor (SBED), a síndrome é causada por um descontrole na forma como o cérebro processa os sinais de dor. Embora homens também sofram com a doença, ela é mais frequente em mulheres entre 20 e 50 anos (1).
Neste artigo, eu irei explicar mais sobre a fibromialgia, seus sintomas, causas e tratamentos indicados.
Não deixe de ler e compartilhar.

Sintomas da fibromialgia

Os principais sintomas da fibromialgia, segundo estudo desenvolvido pela Sociedade Brasileira para Estudos da Dor (SBED), são (2):
  • Dor generalizada presente em diversas partes do corpo e que demoram pelo menos três meses para passar. As dores são piores nas costas e pescoço e não têm causa aparente;
  • Fadiga e cansaço. Pessoas portadoras da síndrome já acordam se sentindo cansadas, mesmo tendo dormido por muitas horas. Além disso, o sono também é interrompido por causa da dor, sendo comum os pacientes apresentarem problemas como apneia e insônia;
  • Dificuldades cognitivas, onde os portadores de fibromialgia sentem dificuldade de se concentrar, prestar atenção e focar em atividades que demandem esforço mental;
  • Dor de cabeça recorrente ou enxaqueca clássica, dor pélvica e dor abdominal sem causa identificada;
  • Problemas de memória e de concentração;
  • Dormência e formigamento nas mãos e nos pés, e palpitações pelo corpo;
  • Redução na capacidade de se exercitar;
  • Ansiedade e depressão também são sintomas psicológicos de fibromialgia. Eles podem surgir diante a sensação de impotência e desespero causados pela doença.
Fique atento aos sintomas e procure orientação médica.

Causas da fibromialgia

Embora as causas da fibromialgia serem desconhecidos, muitos fatores podem estar associados à síndrome. A genética, por exemplo, pode ser um fator de explicação, pois a doença é recorrente em pessoas da mesma família, o que pode ser um indicador de que existem algumas mutações genéticas capazes de causar a síndrome.
Infecções por vírus e doenças autoimunes também podem estar envolvidas nas causas da fibromialgia. Além disso, outras fatores estão relacionadas a distúrbios do sono, sedentarismo, ansiedade e depressão (3).
Como os sintomas de fibromialgia são similares aos sintomas de outras síndromes, é de extrema necessidade buscar ajuda médica. Durante a consulta é importante descrever todos os sintomas e a intensidade das dores. É fundamental destacar todos os medicamentos e suplementos de uso contínuo e se há problemas para dormir.

Tratamentos da fibromialgia




fibromialgia-sintomas-causas-tratamentos
Procure Orientação Médica Para O Tratamento De Fibromialgia

O tratamento de fibromialgia é mais eficaz quando são unidos medicamentos e cuidados não medicamentosos. O foco é evitar a incapacidade física, minimizar os sintomas e melhorar a saúde de modo geral.
O tratamento pode envolver fisioterapia, programa de exercícios e prepara físico, métodos para alívio de estresse, o que inclui massagens e yoga, e terapia cognitivo comportamental.
Em relação aos medicamentos, os mais utilizados são analgésicos de ação central, incluindo antidepressivos e antiepilépticas, que possuem ação analgésica. Em conjunto, também se utiliza medicamentos para melhorar o padrão de sono e ansiedade (4).
Mas utilize esses remédios apenas com prescrição médica.
O recomendável é que o portador de fibromialgia siga sempre uma dieta bem balanceada, evite cafeína, mantenha uma boa rotina de descanso para melhorar a qualidade do sono.
Técnicas alternativas, como a aromaterapia, a hidroterapia ou a acupuntura, são excelentes ferramentas para tratar a fibromialgia, pois ajudam a diminuir e a aliviar os sintomas, principalmente as dores intensas no corpo.
A aromaterapia mesmo é eficaz, pois o aroma das plantas medicinais alcança as células olfativas e estas estimulam determinadas áreas do cérebro produzindo o efeito desejado. No caso da fibromialgia, a aromaterapia mais indicada é a de essência de lavanda, que produz bem-estar, acalma e relaxa os músculos (5).
Um estudo realizado pela Universidade da Califórnia em San Diego, nos Estados Unidos e publicado recentemente na revista científica Brain, Behavior and Immunity, mostrou que 20 minutos de exercício são capazes de reduzir a inflamação no corpo. Uma simples caminhada já pode fazer toda diferença para a manutenção da sua saúde (6).
No caso da alimentação, inclua na dieta alimentos como atum, gema de ovo, sardinha e outros ricos em vitamina D. Também é indicado alimentos ricos  em magnésio como a banana e abacate (7).
Ah, é bom lembrar que você pode tomar algumas medidas para ajudar no tratamento e a conviver melhor com a doença.  Para isso, reduza o estresse diário, durma o suficiente para estar descansado no dia seguinte, exercite-se regularmente, mantenha um mesmo ritmo de vida, preserve um estilo de vida saudável.
Abraços e fique com Deus!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Olá seja bem vindo ao Blog obrigado por sua visita deixe o seu comentário e se tiveres alguma dúvida entre em contato com a gente beijos

Topo