14 julho 2015

Após decisão judicial, ex-empresária de Anitta debocha da funkeira: "Tem muito dinheiro lá para pegar"

Ex-empresária de Anitta debocha da funkeira: "Tem muito dinheiro lá para pegar"

http://img-s-msn-com.akamaized.net/   © Instagram Justiça bloqueia R$ 3 milhões de Anitta; ex-empresária alfineta: "Não tente destruir quem te construiu"

Pelo jeito a confusão envolvendo Kamilla Fialho, ex-empresária de Anitta, e a cantora está longe de ter fim. A ex-mentora da funkeira permitiu que um vídeo onde aparece debochando de sua ex-pupila fosse postado em uma rede social.
"Só tem essa forma, não cabe mais recurso, mais nada. Ou ela deposita os três milhões ou vai ficar bloqueado. Onde tem três tem cinco, tem sete, tem muito dinheiro lá pra gente pegar se Deus quiser", diz Kamila ao telefone.
A gravação, intitulada "Hoje é dia de falar com a imprensa", foi postada no perfil do Snapchat de uma das sócias da empresária.
Por determinação da juíza Flávia Viveiros de Castro, da 6ª Vara Cível da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, R$ 3 milhões da conta da musa foram bloqueados.
Segundo o jornal "O Globo", a decisão foi tomada porque a artista não cumpriu a ordem judicial de novembro de 2014, que obrigava Anitta a pagar uma multa de R$ 5,4 milhões por quebra de contrato.
Mais cedo, Kamilla fez questão de comemorar a nova decisão a seu favor nas redes sociais. Em um texto publicado em seu perfil no Facebook, a empresária disse que sempre confiou na Justiça e revelou que foi muito criticada por processar a funkeira. 
"Mesmo sendo ameaçada todos os dias, ouvindo que a minha metodologia de trabalho era cópia de quem eu mesma criei, segui firme em busca de justiça e paz! Fui julgada, xingada, questionada, inclusive, no que sei fazer de melhor, meu trabalho. Mas nunca desisti de reaver tudo o que tentaram me tirar, e não é só dinheiro", desabafou.
A ex-mentora de Anitta aproveitou para alfinetar a famosa e deixou claro que não perdoou a ingratidão da cantora, de quem pretende cobrar mais R$ 7 milhões da "Poderosa". 
"Não tente destruir quem te construiu. Deus cobra, o universo cobra, menos a sua consciência, se é que ela ainda existe. 3 milhões já foram, agora faltam 7 milhões. E que fique claro, só paro de falar nesse assunto quando tudo o que me devem estiver seguro, inclusive a imagem da minha empresa, que vive para construir carreiras e artistas da forma mais linda do mundo. Amo muito meu trabalho."
Em tempo: Em agosto de 2014, Anitta decidiu quebrar o contrato com a K2L, empresa de Kamilla Fialho, depois de supostamente descobrir que seus empresários haviam desviado R$ 2,5 milhões de seu patrimônio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá seja bem vindo ao Blog obrigado por sua visita deixe o seu comentário e se tiveres alguma dúvida entre em contato com a gente beijos