ANUNCIE AQUI

Polêmica no facebook: Campanha em apoio a oficial que mandou "chamar o Batman" recebe mais de 1,2 mil compartilhamentos

Por: Kyane Vives
 Campanha em apoio a oficial que mandou "chamar o Batman" http://www.cantinhojutavares.com
http://zh.rbsdirect.com.br/   Por WhatsApp, tenente-coronel sugeriu que jornalistas chamassem o BatmanFoto: Reprodução / Facebook

Uma nota de apoio ao tenente-coronel Francisco Lannes Vieira está ganhando repercussão nas redes sociais. Até a noite desta quarta-feira, a publicação, feita no Facebook por uma servidora da Brigada Militar, havia recebido 570 curtidas, 1.288 compartilhamentos e 78 comentários. 

Declarações de comandante geram constrangimento na Brigada Militar 

O comandante do 9º BPM deu uma declaração polêmica na noite do último sábado, após receber denúncia de que estariam ocorrendo assaltos no Parque da Redenção durante a Serenata Iluminada. Em um grupo do WhatsApp, ele respondeu aos jornalistas Fernanda Pugliero, do Correio do Povo, e Eduardo Paganella, da Rádio Guaíba, que "quem frequenta esse tipo de evento não quer BM perto. Agora aguentem! Que chamem o Batman! Ou o super-homem". 



Na nota, que é acompanhada de uma foto do comandante, o público é convocado a fazer uma campanha de apoio a Vieira. "Não é possível que um policial que só qualifica a nossa Brigada Militar seja punido por ter dito o que muito policial tem vontade de dizer e não faz", diz um dos trechos. 

"A que triste ponto chegamos", diz Maria do Rosário sobre caso do policial que disse para chamar o Batman 
Pequenos eventos tentam reaproximar as pessoas das ruas
Organizadores garantem que haviam comunicado a BM sobre a Serenata Iluminada

Presidente da Associação dos Sargentos, Subtenentes e Tenentes da Brigada Militar e dos Bombeiros do Rio Grande do Sul (ASSTBM), Aparício Santelano diz que apoia a campanha no sentido "de que o oficial não seja punido". 

– Há um desestímulo para a nossa profissão, o que deixa os servidores insatisfeitos. Ele (tenente-coronel Vieira) não fez isso por maldade. Nós apoiamos que ele não seja punido. Não é uma punição que vai resolver o problema da segurança pública. Nós temos coisas mais importantes na segurança para nos preocupar do que a mensagem do coronel. Acho que nós temos que esquecer isso aí – declarou. 

No domingo, o comandante do policiamento da Capital, Mário Ikeda, disse que a mensagem enviada pelo policial no Whats App não foi uma resposta oficial da Brigada. E os organizadores da Serenata Iluminada garantiram ter comunicado a polícia sobre o evento.

*ZERO HORA



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Olá seja bem vindo ao Blog obrigado por sua visita deixe o seu comentário e se tiveres alguma dúvida entre em contato com a gente beijos

Topo