ANUNCIE AQUI

Infecção urinária em crianças - Sinais e sintomas

Por Dra Julie Anne Colnago
Infecção urinária em crianças - Sinais e sintomas http://www.cantinhojutavares.com
http://3.bp.blogspot.com/-






A infecção do trato urinário ( ITU ) é mais comum de ocorrer na infância do que vocês imaginam.

Vamos aprender um pouquinho mais sobre esse assunto hoje?

A ITU consiste na proliferação das bactérias do meio externo para o interior do trato urinário e é mais ou menos grave de acordo com o órgão afetado.

O trato urinário é composto pelos rins, ureteres, bexiga e uretra. Quanto mais alta a infecção, ou seja, quanto mais próxima aos rins, mais grave ela é.
http://3.bp.blogspot.com/-





A ITU em crianças pode ser decorrente de contaminação da urina pelas fezes, principalmente em meninas devido a proximidade anatômica entre a uretra e o ânus, além da uretra feminina ser mais curta, ou secundária a alguma malformação do trato urinário.

Os sintomas dependem da localização da infecção, mas os principais são febre, irritabilidade, prostração, gemência, ardência ao urinar, incontinência urinária, sangramento na urina, mau cheiro da urina, dor abdominal ou lombar.

O diagnóstico é baseado principalmente no exame de urina simples e sua cultura, imprescindível para nortearmos a antibioticoterapia. Por isso, nunca deixem de buscar o resultado da urocultura que geralmente demora cinco dias para ficar pronto. A coleta da urina pode ser feita com saco coletor ou sonda vesical. Apesar da sonda parecer invasiva demais é a forma mais correta de coleta, pois evita contaminação do meio externo e dúvidas.

Confirmado o diagnóstico, inicia-se o tratamento com antibiótico o quanto antes até o resultado da cultura, quando iremos analisar se precisamos mudar o tratamento ou não.

É muito importante informar ao pediatra a ocorrência de ITU no seu filho, pois todas as crianças necessitam investigação mais precisa do trato urinário para afastar malformações congênitas. De acordo com a alteração anatômica pode ser necessária cirurgia ou medicações preventivas.

Caso a criança não apresente nenhuma malformação anatômica que justifique a infecção, é imprescindível uma higienização mais adequada da região genital. As meninas devem ser higienizadas sempre da frente ( uretra ) para trás ( ânus ), justamente para evitar a contaminação com resquícios de fezes. Já os meninos necessitam abaixar o prepúcio ( pele que envolve a glande ) para higienização, evitando assim acúmulo de urina na região.

Com informação conseguimos evitar muitas doenças. Não deixem de orientar seus filhos desde pequenos!

*Blog Julie Anne Colnago

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Olá seja bem vindo ao Blog obrigado por sua visita deixe o seu comentário e se tiveres alguma dúvida entre em contato com a gente beijos

Topo