ANUNCIE AQUI

Vasos no rosto: como tratar e eliminar

Por Mariana Bueno
Vasos no rosto: como tratar e eliminar http://www.cantinhojutavares.com
Foto:doutissima.com.br
Os vasinhos no rosto, que costumam ter uma cor azulada e aparecem, geralmente, na região dos olhos, lábios e nariz, são um problema para muitas pessoas, especialmente mulheres, pois, segundo o cirurgião vascular Guilherme Peralta, a pele feminina é mais fina que a masculina, favorecendo o aparecimento dos vasos. São as chamadas telangiectasias faciais, que não têm idade para aparecer e decorrem de uma predisposição individual. A boa notícia é que existe tratamento para eliminá-las.


Tratamento para vasinhos no rosto

O médico, que é membro do Departamento Científico de Doenças Venosas da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular do Rio de Janeiro (SBACV-RJ), explica que a  escleroterapia, tratamento mais conhecido como aplicação para varizes, é proibida de ser feita no rosto. 
Já o laser funciona bem e consegue eliminar os vasinhos em uma ou duas sessões, em média, com intervalo de 30 dias entre elas. O procedimento pode ser feito por pessoas de qualquer idade, com algumas contraindicações: peles muito bronzeadas ou queimadas por exposição ao sol sem preoteção, pessoas que estão fazendo peelings, tratamentos com ácido ou laser com outras finalidades, peles com lesões e feridas, gestantes, pessoas usando medicações fotossensíveis ou com pele mais escura ou negra.

Laser para eliminar vasinhos

Alguns cuidados são necessários antes e depois do procedimento, como não aplicar cremes no rosto no dia, evitar a exposição ao sol durante cerca de uma semana, usar protetor solar com fator 50 ou 60 e, em alguns casos, especialmente para peles mais sensíveis, pomadas à base de corticoide. 
É natural que, depois de algum tempo, os vasinhos voltem a aparecer pois sua origem básica envolve fatores genéticos e hormonais, que não são modificados com o tratamento. "Geralmente, damos alta para paciente e orientamos a retornar no período de seis meses a um ano para ver se já existe necessidade de novo ciclo de tratamento", explica. O procedimento pode ser repetido quantas vezes for necessárias, sem limite.

Laser dói?

"Existe alguma dor sim, como qualquer outro que envolva uso de laser, aplicação de ácidos, peelings, injeções, etc. Porém, minimizamos ao máximo essa dor usando a aplicação de cremes anestésicos e o uso de aparelhos resfriadores de pele", afirma.
Para pessoas muito sensíveis à dor, ele recomenda o uso de medicações analgésicas orais prescritas durante a consulta de avaliação inicial e tomadas uma hora antes do procedimento.

Um comentário

  1. Ju gostei das dicas ninguém merece ter esses vasos no rosto, beijos.

    ResponderExcluir

Olá seja bem vindo ao Blog obrigado por sua visita deixe o seu comentário e se tiveres alguma dúvida entre em contato com a gente beijos

Topo