ANUNCIE AQUI

Terror: Piloto jordaniano é queimado vivo pelo Estado Islâmico

Vídeo divulgado nesta terça mostra execução de militar, que teria acontecido em janeiro.

Piloto jordaniano é queimado vivo pelo Estado Islâmico
Foto: Reprodução / YouTube
Sequestrado pelo Estado Islâmico desde 24 de dezembro, o piloto jordaniano Maaz al-Kassasbeh teria sido queimado vivo, segundo vídeo divulgado pelo grupo terrorista. O piloto realizava ataques aéreos contra posições do EI como parte da coalizão internacional anti-jihadista quando foi capturado após a queda de um caça F-16 na Síria. 

Segundo informações da agência de notícias AFP, o piloto foi queimado no dia 3 de janeiro. 

O grupo extremista chegou a exigir a libertação de Sajida al-Rishawi, de 44 anos, que estava detida em uma prisão jordaniana desde sua condenação à morte em setembro de 2006 por atos terroristas. Em troca da ativista, o piloto seria libertado com vida, porém as negociações paralizaram na última semana. Sajidafoi executada com outro jihadista nesta quarta-feira em retaliação à morte do piloto. 

O EI controla extensas áreas de território no Iraque e na Síria, onde tem cometido inúmeras atrocidades, incluindo decapitações de reféns.

A ONU acusa a organização extremista sunita de crimes de guerra e crimes contra a Humanidade. 


*Fonte: Zero Hora

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Olá seja bem vindo ao Blog obrigado por sua visita deixe o seu comentário e se tiveres alguma dúvida entre em contato com a gente beijos

Topo