26 dezembro 2014

Sertanejo Renner evita imprensa ao deixar delegacia em São Paulo

© Marco Ambrosio/AgNews
O sertanejo Renner, da dupla com Rick, evitou falar com a imprensa ao deixar a 27ª Delegacia de Policia, no bairro de Campo Belo, em São Paulo, por volta das 15h desta sexta-feira (26).
O cantor saiu pelo estacionamento lateral do prédio, com capuz e boné, enquanto seu advogado, Glecio Mariano, conversou com os jornalistas presentes.
O profissional comentou a respeito da detenção e destacou que o famoso parou para "tomar algumas cervejas” antes do acidente.
"Ele bebeu, admite. Está arrependido, não esperava que acontecesse isso, foi uma fatalidade. As pessoas lesadas serão reparadas", disse ao “Ego”.
Um dos policiais contou que o índice alcoólico de Renner era de 1,0g – maior que o permitido, que é de 0,05 mg. No entanto, o representante do artista não quis comentar o assunto.
Os oficiais também revelaram que o sertanejo estava acompanhado de um morador de rua no momento do acidente, que não incluído na ocorrência por não haver interesse da parte.
Boatos dão conta de que o cantor teria parado próximo a um ponto de crack quando o mendigo lhe pediu dinheiro e Renner sugeriu que ele entrasse no carro, pois iria lhe comprar roupas.
O cantor se envolveu em um acidente de trânsito próximo ao aeroporto de Congonhas e foi indiciado por embriaguez ao volante e fuga do local do acidente.
Ivair dos Reis Gonçalves, o Renner, da dupla com Rick, foi preso na manhã desta sexta-feira (26) na Zona Sul de São Paulo, após se envolver em um acidente de trânsito próximo ao aeroporto de Congonhas. Nenhum dos envolvidos ficou ferido, mas o cantor foi indiciado por embriaguez ao volante e fuga do local do acidente.O sertanejo foi submetido ao teste do bafômetro, que indicou níveis elevados de álcool em sua corrente sanguínea. Ele ficou detido e deve pagar a fiança de R$ 10 mil para responder ao processo em liberdade. 
Uma outra pessoa estava no carro do artista, mas já foi liberada após prestar depoimento no 27º Distrito Policial.Fotógrafos conseguiram flagrar o momento da prisão de Renner. O cantor estava descalço e não largou o cigarro. Todo de preto, ele sorriu para as câmeras e não se importou em dar entrevistas para algumas emissoras de TV aberta.Vale lembrar que esse não é a primeira confusão em que o parceiro de Rick se envolve. Em 2001, ele também esteve em um acidente de trânsito que resultou em duas mortes, no interior de São Paulo - o músico foi condenado a pagar dois mil salários mínimos, em 2008. No entanto, até março de 2009 ainda não havia quitado a dívida com a família das vítimas, que agora recebe apenas repasses dos direitos autorais do artista.
Após colidir com um carro que estava estacionado, o cantor Renner foi conduzido a uma delegacia de polícia em São Paulo, na manhã desta sexta-feira (26)
O cantor foi submetido ao teste do bafômetro, que comprovou o alto teor de álcool em seu sangue. Sem sapatos e com um cigarro na mão, o sertanejo precisou ser amparado por policiais na delegacia. Ele acabou preso, mas pode pagar fiança para responder ao processo e liberdade. Sem se importar com a situação nada confortável, Renner conversou com a imprensa no local. Esta, vale lembrar, não é a primeira vez que Renner se envolve em um acidente de trânsito. Em 2008, o cantor estava em uma colisão que resultou na morte de duas pessoas. Ele acabou sendo julgado e condenado.
FONTE:MSN


2 comentários:

  1. Uma pena , um cara tão bonito e talentoso se entregar assim para as drogas e o vicio !
    Espero que ele tenha forças pra sair desse poço !
    FELIZ ANO NOVO!
    Beijos U&B
    Adriana e Cláudia
    www.unhasebocas.blogspot.com.br
    Instagram @blogunhasebocas
    https://www.facebook.com/pages/Unhasbocas/477832645611169?fref=ts

    ResponderExcluir
  2. Ju já estou seguindo seu cantinho.
    segue o meu também ?
    http://anunciosparceriasdivulgacao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá seja bem vindo ao Blog obrigado por sua visita deixe o seu comentário e se tiveres alguma dúvida entre em contato com a gente beijos