12 setembro 2014

A casa da gremista de ato racista é incendiada em Porto Alegre

A casa da gremista de ato racista é incendiada em Porto Alegre
Foto: Divulgação/ Arquivo pessoal
Bom gente depois de ter sido ameaçada de morte e estupro pelo Whatsapp e ter a casa toda apedrejada, a gremista Patrícia Moreira da Silva, que foi flagrada chamando o goleiro do Santos Aranha de macaco durante partida válida pela Copa do Brasil na Arena no final do mês de agosto, teve a sua residência incendiada nesta sexta-feira. Por volta das 4h da manhã, o Corpo de Bombeiros foi chamado ao local e controlou as chamas, que atingiram principalmente o assoalho da casa.
A polícia já está realizando a  perícia no local para determinar as causas do incidente. A movimentação de muitos curiosos foi  intensa, com os veículos diminuindo a velocidade para observar o trabalho dos peritos e o que estava acontecendo no local.
 Foto: Ronaldo Bernardi
A polícia esteve no local para investigar as causas do incidente. Conforme o advogado, Alexandre Rossato, Patrícia que deixou a casa após o episódio de injúria racial e está morando com familiares. O imóvel será alugado. Rossato lamentou também o novo ataque, que classificou como "absurdo": – "Não temos ideia dos autores, mas o que está acontecendo é um absurdo. Estão tendo atos muito mais criminosos do que qualquer crime que ela tenha cometido" Disse o advogado.
Bom gente eu como uma pessoa negra acho que o que ela fez foi sim errado e que sim ela deve pagar mas na justiça nada de sair por ai se vingando das pessoas e fazendo coisas piores por favor né. 

5 comentários:

  1. Um erro não justifica outro, estão passando dos limites , esta moça corre um serio risco de sair na rua e acabar sendo linchada por meia duzia de retardados.

    ResponderExcluir
  2. Se ela fosse uma assassina, ladra ou qualquer coisa do gênero, eu duvido que a sociedade iria se rebelar da mesma forma...É incrível o que as pessoas são capazes de fazer, é um absurdo! Se ela errou cabe a justiça puni-la...Será q queimar a casa dela, e ter atitudes do tipo q estamos vendo ultimamente vai mudar alguma coisa? O jogador que 'sofreu' com essa atitude dela, vai se sentir melhor?? Violência, gera violência..Infelizmente ela foi pega como exemplo, pq quem viu o jogo, percebeu claramente q ela n era a única torcedora a 'praticar atos de racismo"...Já q a sociedade se rebelou, pq n contra tdos?? É mais fácil pegar um de exemplo? Absurdo...

    ResponderExcluir
  3. O que dá para perceber pela tv é que algumas pessoas vão aos estádios para se extravasarem. Xingar faz parte, fazer de tudo para desestabilizar os jogadores adversários também faz parte. Se o goleiro ofendido não teve pique para aguentar os desaforos, que procure outra profissão. Todos são xingados: juíz, bandeirinha, policiais, ambulantes, funcionários, etc. Essa mina ficou dando muita satisfação para coisa besta. Foi até na tv para ser humilhada. Xingou tá xingado, na frente do juiz se retrata e bola prá frente. Agora tá sofrendo consequências nas mãos de outros trouxas que estão se doendo pela ressentimento dos outros. Acordem, cambada de zé ruelas.

    ResponderExcluir
  4. Eu acho um absurdo o que fizeram mas parece que foram presos os autores do ato obrigado pela visita

    ResponderExcluir

Olá seja bem vindo ao Blog obrigado por sua visita deixe o seu comentário e se tiveres alguma dúvida entre em contato com a gente beijos