17 junho 2014

Drogas ou a liberdade! ajuda para se livrar das drogas

ajuda-para-se-livrar-das-drogas
Drogas ou a liberdade! ajuda para se livrar das drogas: Oi meus amores pois é hoje é o dia de falarmos um pouco mais de saúde e eu não sabia bem ao certo o que ia postar! a indecisão!!! bom resolvi fala sobre as drogas.

Costumamos usar, como uma justificativa de nossos comportamentos, desculpas. Sou assim porque herdei as características genética de meus avós. Sou assim porque meus pais me educaram assim. Sou assim porque a sociedade me fez assim, e o ambiente me levou a isso. Você mesmo sabe que isso são desculpas. Na verdade somos livres e responsáveis para agir da maneira que decidirmos. O que ás acontece é que não assumimos a responsabilidade por isso.

Leia Também
DESAFIO: COMO EMAGRECER EM 5 MESES: VENHA EMAGRECER COMIGO
BRASILEIROS MORRENDO POR INCOMPETÊNCIA: DE QUEM É A CULPA?
FICAR "APERTADO" POR MUITO TEMPO FAZ MAL Á SAÚDE

RECEITAS DE REPELENTES CASEIROS

 Para os dependentes de drogas

Todos os dias podemos decidir: Hoje serei feliz. Só depende de nós. E para isso podemos pedir a ajuda para Deus. Ele enviará sobre nós o Espírito Santo com seus dons e nos fortalecerá para sermos o que queremos ser. Mas, na adolescência, quando estamos nos exercitando para sermos livres, algumas vezes fazemos as maiores besteiras. Como não somos mais crianças, já nos consideramos adultos. Na realidade, não somos nem  crianças nem adultos, somos jovens.

É nessa fase da visa que costumamos ser maria-vai-com-as-outras. Esquecemos nossa identidade e unicidade e queremos ser iguais á turminha com que andamos por aí né?. Usamos as mesmas roupas, fazemos ás mesmas festas, falamos da mesma maneira, fazemos as mesmas palhaçadas.

É nessa idade que muitos de nossos jovens estão cometendo a maior besteira de sua vida. Estão experimentando drogas. Em geral começam com cerveja, depois vêm outras bebidas alcoólicas, e a porta  está aberta. O cigarro acaba levando para a maconha. Daí para drogas mais pesadas é um pulo.

Hoje, quase a totalidade dos internos em tratamento da dependência química começaram pelo álcool. Aquela cervejinha nas baladas que acabou por iniciá-los nas drogas. O que a grande maioria dos jovens não sabem é que as drogas quase sempre são um caminho sem volta. Você entra de bobinho e acaba ficando dependente sem perceber e muitos ainda pensam "A quando eu quiser eu paro" engano seu que pensa desse modo quem entra nessa vida sofre para se libertar depois.

Hoje, as drogas têm um poder mais que viciantes, e é muito mais forte do que alguns anos atrás . Cada vez mais cedo elas estão sendo apresentadas a nosso jovens. Eles, muitas vezes, ainda não estão maduros para dizer NÃO e acabam experimentando porque a turma experimentou. 

E daí? Lá se foi a sua liberdade, sua responsabilidade. Seja se torna a dona de sua vida. É uma verdadeira escravidão. A liberdade foi trocada pela imbecilidade.

O que fazer para sair ou não usar drogas?

Jovem, exercite sua individualidade, sua responsabilidade. Seja você mesmo. Não entregue a sua liberdade para seus amigos. Não entregue a sua liberdade, ainda em formação, para as DROGAs. Ela escravizará.

Como fazer para lutar contra as drogas?

Tenha Objetivos na vida bem definidos. Faça um projeto de vida. Participe da vida em comunidade. Participe de um grupo de escoteiros, faça o bem para as pessoas necessitadas, se não conseguir mudar seus amigos! mude de amigo também. Cultive um diálogo, especialmente entre você e seus pais. Se caso eles não tomam a iniciativa, tome você. Afinal, você é um cara esperto!!! 

Origem da postagem: Nilo Momm é o membro da Equipe Nacional da Sobriedade da CNBB.

4 comentários:

  1. Olá Jussara, tudo bom?
    Bem logo se vê que você possui uma opinião forte, mas concordo em grande parte com você, e o mais engraçado é que a desculpa do consumo exacerbado de drogas (tanto licitas como ilícitas) pelos jovens é de que procuram se divertir, o que na verdade não é bem uma diversão se você não tem controle. Parabéns pelo seu post e por sua atitude.

    abraços.

    http://mundoagridoce06.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. boa tarde....sobre a opinião postada em alguns pontos de fato eu concordo, mas em outros tópicos discordo ninguem entra nas drogas porque quer...tem sempre um motivo por menor que seja....acredito que o melhor é uma boa educação e uma boa formação, alem de comunicação entre os pais do adolescente.

    ResponderExcluir
  3. Oi Jussara, ótima postagem, em especial gostei dessa parte "Jovem, exercite sua individualidade, sua responsabilidade. Seja você mesmo. Não entregue a sua liberdade para seus amigos. Não entregue a sua liberdade, ainda em formação, para a DROGA. Ela escravizará." Sobre a questão das drogas, vários fatores levam as pessoas a usá-las, como problemas familiares, conjugais e etc...Uma fuga desse mundo sufocante. Abraço a todos, e vivam e mergulhem no auto conhecimento. Gabriel

    ResponderExcluir
  4. Tema Polêmico Jussara, e com certeza ao abordar esse tema, logo pipocarão comentários criticando, como se fosse ERRADO ser contra as drogas, mas como cada um pode defender sua posição, vamos as minhas, do porque sou contra a liberação da maconha:
    1- Embora usar não configure um crime em si, e muito menos prejudicial à sociedade, muitos atos ruins acontecem protagonizados por pessoas sob efeito de drogas, ou paralelas a elas, pois, é muito comum alguém que use maconha ha algum tempo sem ser incomodado pela família, colocar a droga acima de suas responsabilidades, é questão de tempo.
    2-Não há comprovação científica que maconha faça “menos mal" que o álcool ou o cigarro, e mesmo se fizesse menos, seu maior ponto negativo é servir de ponte para outras drogas, visto que a grande maioria dos usuários fez o caminho começando pelo álcool, cigarro, maconha, cocaína, ecstasy, crack...
    3-Vejamos bem... O álcool e o cigarro são duas drogas LIBERADAS, que já nos mostram bem os resultados nocivos que causam à sociedade, o cigarro com o seu poder de vício e o álcool com todos os problemas já tão conhecidos, pois bem, apesar de todos esses problemas, todo o dia vemos o quanto é complicado reduzir o uso dessas drogas (Cigarro e Álcool).
    4- Já pensaram se tentássemos proibir o cigarro e o álcool? Isso mesmo... Seria impossível proibi-los hoje, agora pensem bem... Se no futuro descobrirmos que foi uma enorme roubada liberar a maconha, tal qual o cigarro e o álcool hoje, seria impossível reverter a liberação da maconha no futuro.
    5-Se não há comprovação científica acerca do poder de do vício da maconha, também não há sobre sua "inofensibilidade” como disse no item 1, ou seja, alguém pode carregar ou usar vinte cigarros de tabaco ao dia sem problema algum de ordem legal, enquanto que, devido à proibição e recriminação é muito raro achar alguém que use esses mesmos vinte cigarros de maconha, mas , se liberado o seu uso não faltarão usuários que com certeza farão uso cada vez maior da maconha, e então, a sua característica de vício poderá aparecer.
    6-Dentre as pessoas a favor da maconha, não vi nenhum ex- viciado, que depois de tanto sacrifício, abstinência e internação para se livrar das drogas, esteja feliz da vida em poder usar de novo, desta feita sem ser incomodado pela polícia, também acho que falta o depoimento de familiares de usuários que estejam felizes por saberem que seus filhos usam a maconha, enfim falta o engajamento de quem não a defenda em causa própria ,ou seja, quem usa vai sempre defender sua liberação.
    7- Se o álcool e o cigarro já nos são DOIS grandes problemas, qual a lógica de acrescentar mais um? Lembrando que para cada droga liberada, não demora muito pra que se iniciem movimentos pela liberação do próximo degrau, ou seja, com a maconha liberada, logo irão querer liberar a cocaína, o crack... Desculpas e justificativas vão surgir com certeza.
    8- Espera-se que com a liberação de uso e cultivo, o poder dos traficantes e o volume do tráfico diminuam, porém... Quantos fumantes inveterados você conhece que planta o tabaco em casa? Quantos usuários de maconha ficariam pacientemente esperando seu pezinho de canabis crescer? Como se vê, o traficante vai continuar vendendo, e muito mais!
    Minha conclusão: É relativamente fácil defender e achar justificativas para qualquer ponto de vista, mesmo sem o interesse próprio, o difícil é encontrar um ponto de equilíbrio, onde temos que reconhecer que o fato de alguém usar drogas não o faz necessariamente um bandido ou criminoso, mas também não podemos negar os tantos fatos negativos envolvendo usuários de drogas que acontecem diariamente.
    Se eu NÃO usar drogas, não estarei perdendo NADA, ao passo que se usar, posso estar perdendo minha liberdade, meus verdadeiros amigos, família e até mesmo a VIDA!
    Visite meu Blog: itapiranews.blogspot.com, há mais sobre drogas lá.
    Um braço, fique com Deus!

    ResponderExcluir

Olá seja bem vindo ao Blog obrigado por sua visita deixe o seu comentário e se tiveres alguma dúvida entre em contato com a gente beijos