28 março 2014

Obesos podem contrair cirrose mesmo sem bebidas alcoólicas

Obesos podem ter cirose mesmo sem beber
Obesos podem ter cirose mesmo sem beber

  Olá boa tarde gente entrando no assunto saúde para falar dos obesos que podem ter cirrose. E que mesmo sem ingerir bebidas alcoólicas  as pessoas obesas podem ter cirrose! ai você vai se perguntar mas como assim? Olha gente a obesidade provoca o desenvolvimento de uma doença que ataca as células do fígado, que se chama doença gordurosa do fígado que, sem o tratamento ou o controle, pode evoluir para uma cirrose.

Leia Também
MULHER MORRE APÓS PERDER 45 KG EM SEIS MESES
QUANDO AS VARIZES SE TORNAM UM PROBLEMA
REFLUXO GASTROESOFÁGIOCO

HIPERTENSÃO

Como os obesos contraí cirrose mesmo sem igerir bebidas alcoólicas

E definida pelos especialista como uma doença do mundo moderno, a esteato-hepatite, ou doença gordurosa do fígado não-alcoólica essa doença hoje é uma das principais preocupações  dos endocrinologistas  e hepatologistas. E o motivo é bem simples: sem perceber, pessoas obesas que não tem históricos de abuso de álcool estão desenvolvendo a chamada doença gordurosa do fígado. E muitas das vezes nem sabe sobre o tratamento e controle,  a enfermidade  pode evoluir para uma fibrose (especie de cicatrização) e também a cirrose (Inflamação crônica) do fígado.

E também de acordo com o hepatologista Mário Guimarães, que é presidente da associação Paulista para o Estudo do fígado, a esteato-hepatite não-alcoólica que é um processo inflamatório crônico do fígado, que é provocado pelo excesso de gordura acumulada no órgão.  Pois o fígado é um órgão que estoca gorduras, e principalmente triglicérides. Quando há gordura em excesso, isso causa um transtorno molecular gente. e claro que consequentemente,a destruição das cèlulas hepáticas explica o Dr. Márcio.

Como o fígado é um órgão que afetado não apresenta sintomas a doença evolui sem que, na maioria dos casos  sem que a pessoa perceba. Geralmente as pessoas só descobrem o problemas durante a realização de exames clínicos de rotina que apontam alterações nas enzimas do fígado está com um processo inflamatório.  o problema ganhou uma proporção tão grande que a Sociedade Brasileira de hepatologia designou um grupo para estudar os aspectos clínicos e hepidemiológicos da doença em todo o Brasil.
Essa é uma doença de caracter benigno, se evitarmos a sua evolução.

Mas se não for diagnosticado pode provocar cirrose além disso, essa é uma das doenças de fígado mais frequente do ocidente por causa do aumento do numero de pessoas obesas e diabéticas. Não há tratamento especifico para a doença, a única forma é perder pedo e manter uma dieta associada á prática de exercícios físicos, além do controle rigído sobre os níveis de colesterol, triglicerides e insulina no sangue.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá seja bem vindo ao Blog obrigado por sua visita deixe o seu comentário e se tiveres alguma dúvida entre em contato com a gente beijos